Municípios do Amapá podem ter possíveis interferências no sinal de TV da parabólica tradicional

O problema pode ocorrer assim que o 5G for ativado em 11 cidades do estado

Municípios do Amapá podem ter possíveis interferências no sinal de TV da parabólica tradicional

Nesta semana, 11 municípios do Amapá receberam autorização para instalar infraestrutura para o sinal de internet 5G. Por conta da nova tecnologia, quem utiliza a antena parabólica convencional poderá enfrentar interferências, como chuviscos, chiados, imagem travada ou até interrupção do sinal. Para não ter problemas com o sinal de TV, a população deve trocar a antena tradicional pelo modelo digital. 

Os municípios de Amapá, Calçoene, Ferreira Gomes, Laranjal do Jari, Oiapoque, Pedra Branca do Amapari, Porto Grande, Pracuúba, Serra do Navio, Tartarugalzinho e Vitória do Jari foram os beneficiados com a nova tecnologia. As prestadoras de internet destes municípios já podem solicitar a ativação da tecnologia ultrarrápida 5G.
 
Com a liberação do sinal, aumenta o senso de urgência para a troca das parabólicas tradicionais pelas novas parabólicas digitais. A troca se faz necessária, pois a população que utiliza a parabólica tradicional para receber sinal de TV aberta poderá enfrentar interferências. Isso acontece porque o 5G opera na mesma frequência da parabólica tradicional, a Banda C. Já o equipamento digital opera em outra faixa, a Banda Ku.
 
As famílias de menor renda inscritas em Programas Sociais do Governo Federal e que já tenham a antena parabólica tradicional em pleno funcionamento têm direito à instalação gratuita do equipamento digital. Para saber se você tem direito, basta acessar o site sigaantenado ou ligar para 0800 729 2404, de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h, e aos sábados, das 8h às 16h, com o CPF ou NIS em mãos.
 
No Amapá, mais de 17,8 famílias podem solicitar a troca gratuita dos equipamentos. A substituição é realizada pela Siga Antenado, entidade administradora da faixa criada por determinação da Anatel, responsável por apoiar a população durante a migração do sinal de TV utilizado pelas parabólicas tradicionais (banda C) para o sinal das parabólicas digitais (banda Ku). Em todo o país, a instalação de infraestrutura para o 5G foi autorizada para 2.456 novos municípios de 26 estados e vai beneficiar 156 milhões de brasileiros.