Município de Amapá prepara festa em alusão a 127 anos de Cabralzinho.  

Município de Amapá prepara festa em alusão a 127 anos de Cabralzinho.   
ASCO/PMA

A data em alusão a Cabralzinho tem o marco de 15 de maio de 1895, quando da invasão francesa na vila de Amapá em que se sagrou herói o Francisco Xavier da Veiga Cabral, por defender a Soberania Nacional da cobiça francesa. O episódio do fatídico dia ganha um memorial ladeado da estátua de Cabralzinho que lembra há 38 pessoas que perderam suas vidas.

Em 127 anos a programação ganha o reforço de missa em ação de graça no sábado realizado pela paróquia do Divino Espirito Santo, será realizada na capela histórica na frente da cidade na praça Cabralzinho.

Em 127 anos a prefeitura, por iniciativa do gestor Carlos Sampaio entregará um monumento em homenagem a 38 pessoas que tiveram suas vidas ceifadas no fatídico dia da invasão francesa em que teve a morte do capitão Lunier do Exército francês.

Lista dos homenageados:

Joaquim Pracuúba, de 10 anos, queimado vivo em sua própria casa — semi-paralítico, não tivera tempo de fugir às chamas; Margarida de Freitas, de 32 anos, massacrada com o filho do colo; Clemente Freitas, de 80 anos, morto com tiro de fuzil quando se encontrava deitado em uma rede, no interior de sua residência; José Rodrigues Rosas, de 30 anos, morto a tiros; Joaquim Rodrigues, de 37 anos, Manuel Joaquim Ferreira, de 35 anos, Gertrudes de Macedo, de 30 anos, casada, massacrada; Ana, mulher de Emídio, Sebastiana, filha de Emídio, Ana Vieira Branco, de 37 anos, casada com Manuel Gomes Branco, morta com seus quatro filhos menores, o último com quatro meses; Solindo, filho de Emídio, massacrado; Joaquim, músico, de 17 anos, empregado de Emídio; Raimundo Marcelino de Siqueira, de 57 anos, massacrado; Maria Floripes do Amaral, de 45 anos, Domingos Favacho, de 37 anos, solteiro, Francisca Favacho, de 44 anos, Caetano Favacho, 37 anos, solteiro, Carolina, de 37 anos, solteira, Gemino de Morais, de 21 anos, José de Morais, 15 anos, viúvo, Maria Cooly, de 24 anos, Fabrício, de 18 meses, filho de Maria Cooly, morto com a mãe; Leocádia Tambor, de 48 anos, Manuel, de 7 anos, Alfrida Batista da Silva, de 13 anos, morta com a mãe; Feliciano Ramos, de 65 anos, casado, Pedro Chaves dos Santos, de 26 anos, casado,  Francisco Manuel Rodrigues, português, com 44 anos, Rosa Xavier, de 16 anos, casada, Antônio Bonifácio Belmiro, de 19 anos — serviu de guia aos franceses, sob prisão e logo a seguir foi colocado à frente dos combatentes, servindo de barricada; Cipriano, menor, filho de Manuel Domingos, Mateus Leite, de 30 anos — não foi encontrado o seu cadáver; Manuel dos Santos, de 49 anos, Raimundo Brasil, de 9 anos, filho de Francelino de Freitas, João de Deus, de 42 anos, morto em casa de Bernardo Batista da Silva.

Nesse processo de articulação em chamar-lhe a importância histórica para o desenvolvimento social, cultural e econômico dessa região, o prefeito Carlos Sampaio buscou muitas parcerias, e umas das mais importantes é a 22° (Brigada de Infantaria de Selva) e 34° BIS (Batalhão de Infantaria e Selva), que além de realizarem desfile militar farão atendimento médico e exposição na praça Cabralzinho.

Conforme a programação: sábado

Missa em ação de graça a Cabralzinho -16:00

PALCO

1 – DJ Bruno Mix

2 - Acorde Celeste

3 - Mister Chrys

4 - Nana e Alex

5 - Banda Alto Astral

 

Domingo

Alvorada 5h

Hasteamento do pavilhão nacional - 8h

Desfile cívico militar - 10h

 

Pauco

DJ Bruno Mix

19h - Banda do Exército

21h - Aliciely

22h - Taty Teylor

00h - Letícia Aooly

 O Viajante.