Da Ocupação de Caiena à Proclamação da República: Uma Jornada Histórica na Guiana Francesa e no Amapá

Por João Ataide o Viajante.

Da Ocupação de Caiena à Proclamação da República: Uma Jornada Histórica na Guiana Francesa e no Amapá
Rede Social.

No desenrolar da Guerra Peninsular, a Família Real Portuguesa desembarcou no Brasil (1808), e D. João VI, como resposta à ocupação de Portugal continental, ordenou a ocupação da Guiana Francesa. Sob o comando de João Severiano Maciel da Costa, a região ficou sob domínio português de 14 de janeiro de 1809 a 21 de novembro de 1817, introduzindo no Brasil plantas como a cana-de-açúcar caiena e a fruta-pão.

Após a Independência do Brasil (1822), a Guiana Francesa mergulhou em relativo esquecimento, atravessado por eventos como a Cabanagem (1835-1840). No entanto, o último quartel do século XIX trouxe uma reviravolta, com a descoberta do ouro e a valorização da borracha impulsionando o povoamento do Amapá e intensificando as disputas territoriais.

Nesse cenário, colonos russos estabeleceram uma comunidade em Calçoene no final do século XIX. Esses eventos moldaram a trajetória histórica da região, culminando na proclamação da República e deixando um legado marcante que perdura até os dias atuais.