Amapaense figura como uma das grandes vozes do Pará  

Uma voz diferenciada a serviço da Comunicação

Amapaense figura como uma das grandes vozes do Pará   
Amapaense figura como uma das grandes vozes do Pará   
Amapaense figura como uma das grandes vozes do Pará   

Hery Cordeiro é natural do município de Amapá, 38 anos, filho de Lety cordeiro da Silva, três filhos ( filhas Nara Katlyn e Ana Paula O rapaz é só filho da Sara, mas considero como fosse meu ) casado com Sara Jamacaru, Irmãos: Edionvane Cordeiro, Rosângela de Oliveira. Ruan Thalles cordeiro da Silva Cabral, Katiuza da Silva Santos, Cíntia Luana da Silva Rodrigues. Reside em Belém a 19 anos.

Nasceu em Amapá em uma falta de muitos irmãos onde sua mãe exerceu os dois papeis sendo pai e mãe, Hery lembra de sua infância, os quais nunca perdeu contato e volta à cena da comunicação por intermédio de seu amigo de infância que o convidou para ser a voz do canal freedrone1.

Quando Hery chegou ao Pará, chegou mandado pelo coração, pois se apaixonou pela esposa, e mesmo dono de uma voz, tendo como timbre raro trabalhou como montador de móveis, motorista de ônibus, apresentador de trio elétrico, apresentador de ‘shows’. As acabou se afastando por passar pela queda crise dos 30, quando pensou que deveria construir legado e sustentar a casa, pois entendeu que a profissão de narrador não o remunerava para lhe garantir sustento.

Mas quando Deus escolhe não tem jeito, o mundo gira, gira e novamente lhe surge outra oportunidade: quem sempre acreditou no potencial e teve uma sacada fantástica foi seu amigo de infância Andrey Cunha que hoje figura como YouTube, o maior em números de seguidores de Amapá, de início as pessoas não sabiam quem pertencia à voz, então no evento troféu imprensa Pará e Amapá 2022 o rosto se revelou e estremeceu as principais emissoras do Pará, recebendo convite de Silvinho Santos do Programa Mexe Pará, um grande comunicador que fez muito sucesso como cantor, assim como de outras emissoras do Pará.

O Hery é Uber e faz parte da equipe RCA em Belém, reencontrou com seu grande amigo Andrey Cunha e quase me fizeram chorar, o que não é muito difícil, quando os dois lembraram de suas infâncias: “Nossa infância foi ‘top’, ótima, não temos que reclamar, brincávamos na rua descalços, arrebentava a cabeça do dedo na piçarra, mas ignorava. Desde criança a voz do Hery era diferenciada. Ele fez um curso de Locutor conseguiu passar e virou radialista na rádio local e de cara dava para ver que se tratava de voz diferenciada. Passou um tempo trabalhando e resolveu ir embora para Belém e sumiu e ninguém falava nele. E como eu montei o canal me veio a lembrança o Hery, pensei em resgatar a pessoa e a voz para o mundo, desde então estamos usando a voz, e pagamos os serviços, ainda é pouco, mas o mundo tá conhecendo a voz única de Hery Cordeiro" disse Andrey Cunha.

Como se diz da banda de cá, coa moleque e quando chegar lá leva nós.

O viajante.