Homem é preso suspeito de ameaçar e estuprar menina grávida de 13 anos em Oiapoque

Crime aconteceu em uma casa abandonada numa área de invasão, perto de onde a vítima mora. Adolescente descreveu que não foi a primeira vez que foi violentada.

Homem é preso suspeito de ameaçar e estuprar menina grávida de 13 anos em Oiapoque
Homem foi preso em flagrante por estupro de vulnerável em Oiapoque — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Um homem de 28 anos foi preso em flagrante em Oiapoque, no extremo Norte do Amapá, pelo crime de estupro de vulnerável. Ele é suspeito de ter ameaçado e também de ter estuprado uma adolescente de 13 anos, em uma casa abandonada próximo de onde a vítima mora com os pais e os irmãos. A menina está grávida, segundo exame solicitado pela Polícia Civil.

De acordo com o delegado Átila Rodrigues, titular da Delegacia de Polícia (DP) do município, a vítima chegou por volta de 12h de sábado (26) com a mãe na delegacia. Ela relatou que aproximadamente 4h da madrugada do mesmo dia, o homem, que é vizinho, fez uma abertura na lona que reveste a casa e pegou a menina pelo braço, lhe fazendo ameaças.

“Ele a pegou pelo braço e a ameaçou de morte para que ela o acompanhasse. Levou ela para uma casa abandonada e lá teria mantido relações sexuais não consentidas com a adolescente. Ela estava bastante nervosa caso alguma medida fosse tomada contra o agressor, porque ele disse que ia matar tanto o pai dela, quanto a mãe e os irmãos, caso contasse para alguém”, descreveu o delegado.

Átila Rodrigues, titular da Delegacia de Oiapoque — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Átila Rodrigues, titular da Delegacia de Oiapoque — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Rodrigues detalhou que o suspeito confirmou a prática delituosa, no entanto, disse que já teria tido 3 relações sexuais com a vítima e que todas foram consentidas. A menina relatou em depoimento que a última relação configurou a 6ª vez em que o homem a abusava.

Independentemente da vontade da vítima, o ato configura estupro de vulnerável.

“A adolescente também contou que o ciclo menstrual dela estava atrasado e, por conta disso, ela foi submetida a exame de lesão corporal. Ela também fez exame de conjunção carnal, que constatou que ela já não é mais virgem, e foi encaminhada a um hospital local para que fosse atendida por um médico”, frisou.

Ciosp, onde fica a Delegacia de Oiapoque — Foto: 12º BPM/Divulgação

Ciosp, onde fica a Delegacia de Oiapoque — Foto: 12º BPM/Divulgação

O delegado declarou que também foi solicitado um exame de DNA para saber se o bebê é ou não do suspeito.

Até a manhã desta segunda-feira (28), o homem seguia preso no Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) de Oiapoque, aguardando a audiência de custódia.

Fonte da noticia: G1 Amapá