EM SANTANA, POLÍCIA CIVIL DEFLAGRA A "OPERAÇÃO VAGA-LUME", CUMPRE 9 MANDADOS JUDICIAIS CONTRA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA DESTINADA AO TRÁFICO DE DROGAS E APREENDE MAIS DE R$ 7 MIL

Por: Assessoria de Comunicação PC-AP

EM SANTANA, POLÍCIA CIVIL DEFLAGRA A "OPERAÇÃO VAGA-LUME", CUMPRE 9 MANDADOS JUDICIAIS CONTRA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA DESTINADA AO TRÁFICO DE DROGAS E APREENDE MAIS DE R$ 7 MIL
Foto: Polícia Civil

Na manhã dessa sexta-feira, 25, a Polícia Civil do Amapá, por meio da através da 1ª Delegacia de Polícia de Santana, deflagrou a "Operação Vaga-lume", com o objetivo de cumprir 10 mandados judiciais (3 de prisão preventiva e 7 de busca e apreensão) em face de indivíduos investigados por tráfico de drogas.


De acordo com o Delegado Felipe Vieira, durante a investigação, ocorrida nos últimos 6 meses, restou comprovado que 8 investigados associaram-se, de forma estável e permanente, para a guarda, preparo e venda de drogas ilícitas no município de Santana.

No curso da investigação, foram apreendidos 4 kg (quatro quilos) de crack em posse de um investigado, fato ocorrido no bairro Acquaville, no município de Santana, na noite de 15 de outubro de 2021.
Durante a operação, foram cumpridos dois mandados de prisão preventiva. Um mandado foi cumprido contra um detento do Iapen, que é o dono das drogas. O outro mandado foi cumprido em desfavor de um mototaxista que auxilia o detento na distribuição de drogas para "bocas de fumo". Um outro mototaxista, também investigado, não foi localizado e permanece foragido.

Além disso, foram cumpridos 7 mandados de busca e apreensão contra os 2 mototaxistas e 5 mulheres responsáveis por guardar as drogas ilícitas e movimentar os valores auferidos com o tráfico de drogas. Foram apreendidos R$ 7.440,00 (sete mil, quatrocentos e quarenta reais) oriundos da venda de entorpecentes.
A operação contou com o apoio das Delegacias de Polícia de Vitória do Jari, Porto Grande, Serra do Navio, da 2ª Delegacia de Polícia de Santana e da Delegacia da Infância e Juventude de Santana.