Desafios na Organização das Agremiações Carnavalescas

Não existem agremiações carnavalescas sem comunidade.

Desafios na Organização das Agremiações Carnavalescas
Fantasias feitas pela comunidade.

No universo do Carnaval, a fórmula tradicional para unir a comunidade ao redor de uma agremiação carnavalesca é composta por três elementos-chave: a eleição da diretoria, a realização do festival de samba enredo e a participação ativa da comunidade. Esta fórmula, defendida por figuras emblemáticas como Jamelão da Mangueira, enfatiza que o Carnaval é uma celebração feita pelo povo.

Contudo, como observador, percebo uma tendência preocupante: cada vez mais, as agremiações carnavalescas estão se fechando em grupos restritos, que não seguem essa fórmula original. Quando uma comunidade é excluída desse processo, os resultados frequentemente refletem insatisfação generalizada.

Portanto, é necessário que as agremiações resgatem a essência do Carnaval, garantindo a participação democrática da comunidade em todos os aspectos da preparação e execução do desfile. Somente assim será possível manter viva a autenticidade e o espírito inclusivo dessa tradição tão querida pelos brasileiros.

Por João Ataide o viajante.