A 13ª LEGISLATURA DE AMAPÁ SERÁ COMANDADA POR UMA MULHER

Mulher no poder

A 13ª LEGISLATURA DE AMAPÁ SERÁ COMANDADA POR UMA MULHER
foto João Ataide

 Kelley Lobato, pedagoga pós-graduada, vai para o seu segundo mandato como vereadora de Amapá e o terceiro como presidente da Câmara Municipal de Amapá (CMA) reeleita pelo PL na legislatura passada conduziu os trabalhos da casa conciliando e juntamente seus pares, levantando uma única bandeira, a bandeira do Município de Amapá. Como uma boa gestão, no dia 1 de janeiro foi reconduzida ao cargo de presidente da CMA o biênio 2021/2022.

“Meu lado político despertou com um grupo que tinha o Carlos Sampaio e Dayse Marques e eles me despertaram, eu e Dayse acompanhávamos as sessões, onde aconteciam muitas brigas pessoais que não ajudava no desenvolvimento das políticas públicas, chegava a me manifestar nas sessões, por conta disso fomos proibidas de ficar nas plenárias. Dessa forma submeti o meu nome apreciação popular para mudar uma realidade, conciliar para avançar”. Disse Kelley Lobato.

A frente da Administração da casa do legislativo busca sempre harmonia, administrar com responsabilidade, temos um prédio, mas não temos recurso para mobilhar, assim optou por uma sala de e reuniões. O recurso de 35 mil, mensal que paga vereadores e taxa administrativa para auxiliar e conduzir os trabalhos da casa. Além dos vereadores, tem uma folha de pagamento de duas serventes, três vigilantes, 3 secretários.

Como presidente dar continuidade com o mesmo pensamento que o desenvolvimento continue sempre fiscalizando sem se omitir de nada, as propostas para o desenvolvimento sempre será pautas apreciadas nessa casa e como todo parlamentar tem projetos "Trabalhar a área social, ainda falta fazer para o jovem e para o idoso, pretendo fazer uma área de lazer e social, onde seja possível despertar os talentos com oficinas diversas. Os jovens   precisam sai da vulnerabilidade, ganhamos o selo Unicef e não podemos recuar". A presidente manda um recardo ao prefeito “que ele continue o trabalho que o povo acreditou, vou continuar cobrando, fiscalizando e se for para o desenvolvimento vamos andar ladeados”, finalizou a presidente Kelley.

O viajante a informação com credibilidade.