Manifestação Pacífica em Defesa dos Direitos Quilombolas no Amapá

Os grupos envolvidos esperam que a mobilização pacífica resulte em ações concretas.

Manifestação Pacífica em Defesa dos Direitos Quilombolas no Amapá

No dia 30 de janeiro, os grupos de direitos quilombolas do Amapá, liderados pela CONAQ-AP e Rede Quilombola do Amapá, organizaram uma manifestação pacífica em prol da comunidade remanescente de quilombos de Lagoa dos Índios. Essa comunidade tem enfrentado desafios decorrentes da especulação fundiária, com seu território sendo reduzido em várias ocasiões.

A manifestação, marcada para as 7h, tem como objetivo chamar a atenção das autoridades para a situação crítica que a comunidade quilombola enfrenta. O clamor por justiça visa sensibilizar as autoridades competentes a tomar medidas efetivas contra a especulação fundiária e as constantes reduções no território da comunidade.

Os grupos envolvidos esperam que a mobilização pacífica resulte em ações concretas, garantindo os direitos territoriais e a preservação da identidade cultural da comunidade de Lagoa dos Índios. A manifestação destaca a urgência de medidas que assegurem a justiça e proteção dos direitos quilombolas, enfatizando a importância da preservação dessas comunidades tradicionais.

Por João Ataíde o Viajante.