Despedida e Nova Jornada: Irmã Gláucia deixa a Paróquia do Divino Espírito Santo

A partir de agora, Irmã Gláucia embarca em uma nova jornada, com destino a Santa Maria, no Rio Grande do Sul.

Despedida e Nova Jornada: Irmã Gláucia deixa a Paróquia do Divino Espírito Santo
Despedida e Nova Jornada: Irmã Gláucia deixa a Paróquia do Divino Espírito Santo
Despedida e Nova Jornada: Irmã Gláucia deixa a Paróquia do Divino Espírito Santo
Despedida e Nova Jornada: Irmã Gláucia deixa a Paróquia do Divino Espírito Santo

Na tradicional missa de Natal, 25/12, na cidade de Amapá foi marcada por emoção e despedida. A celebração realizada pelo padre Rafael, não apenas comemorou o nascimento de Jesus, mas também marcou um até logo da  missionária, Irmã Gláucia, que durante anos desempenhou um papel fundamental na Paróquia do Divino Espírito Santo.

Irmã Gláucia, dedicada da Congregação das Irmãzinhas da Imaculada Conceição, fundada por Madre Paulina e posteriormente denominada Santa Paulina após a canonização, deixa para trás uma trajetória nesta comunidade. Seu legado vai além dos muros da igreja, pois ela liderou, junto com voluntários, um significativo projeto de alfabetização que impactou positivamente a vida de muitos na cidade de Amapá.

A despedida da Irmã Gláucia da paróquia deixou fiéis e voluntários emocionados, testemunhando o impacto profundo que ela teve na comunidade local. Seu comprometimento e dedicação transcenderam as funções religiosas, influenciando diretamente a educação e formação de diversas pessoas.

A partir de agora, Irmã Gláucia embarca em uma nova jornada, com destino a Santa Maria, no Rio Grande do Sul. Essa mudança representa não apenas uma troca de endereço, mas também o início de uma fase diferente em sua missão. A Congregação das Irmãzinhas da Imaculada Conceição continua a espalhar seus ensinamentos por meio de seus membros dedicados, e Irmã Gláucia levará consigo a experiência e o amor construídos ao longo de sua história na Paróquia do Divino Espírito Santo na terra de Cabralzinho.

Enquanto a comunidade se despede com gratidão pela presença e contribuições de Irmã Gláucia, os votos são de que ela continue a espalhar luz e bondade em sua nova jornada no sul do país.

Por João Ataíde o Viajante e Moacir Barata coordenador da capela de Nossa senhora Aparecida.