Miliciano Zinho se entrega à PF do RJ temendo pela vida

O caso ganhou destaque devido às conexões políticas da milícia na região, com a figura central sendo Lucinha, Deputada Estadual e considerada o braço político do grupo paramilitar.

Miliciano Zinho se entrega à PF do RJ temendo pela vida
Redes sociais

Data: 27 de dezembro de 2023

O miliciano conhecido como Zinho se entregou voluntariamente à Polícia Federal do Rio de Janeiro, alegando temer por sua vida. O caso ganhou destaque devido às conexões políticas da milícia na região, com a figura central sendo Lucinha, Deputada Estadual e considerada o braço político do grupo paramilitar.

Lucinha, cujo envolvimento com a milícia vem sendo investigado, levanta preocupações sobre a interseção entre o crime organizado e a esfera política. Autoridades afirmam que não é um caso isolado, destacando a presença significativa de políticos associados a milicianos no cenário carioca.

Entre os nomes citados está o presidente Jair Bolsonaro e seus filhos, que também são apontados como tendo laços com milicianos. As acusações geram debates sobre a extensão dessas conexões e a necessidade de uma investigação mais aprofundada para esclarecer os vínculos entre a política e o crime organizado no Rio de Janeiro.

A entrega de Zinho à PF ressalta a complexidade e a sensibilidade das relações entre milícias e políticos na região, levantando questões sobre a integridade das instituições e a necessidade de medidas rigorosas para combater a corrupção e a influência criminosa na esfera política.

Por João Ataíde o Viajante